top of page
  • Foto do escritorirenegenecco

Torre de Babel

Atualizado: 16 de fev.


Informação, pra virar conhecimento, tem que servir pra vida e ser aplicada. Se não for assim, é inútil. Vivemos num mundo atulhado de informações, que não servem pra nada. Cuidar do lixo, dar-lhe o destino adequado, também se aplica ao lixo intelectual. O micro planeta que somos, cada um, agradece...


Muitas vezes nos cremos sabidos, inteligentes, e pensamos que nem precisamos muito do outro, se nos mantivermos bem informados, intelectualmente alimentados.

“Entendemos” tudo, e podemos tocar nossa vida sozinhos. “Eu entendi tudo isto” é óbvio, desde que esteja na mesma língua e no mesmo horizonte cultural. Mas se aquilo que entendemos não servir para nos modificar para melhor, é uma carga inútil.

Entulhamos nosso entendimento de bonitas palavras, pensamentos sábios, como porcelanas raras, e usamos como trunfo, poder, status. E o que poderia ser um diálogo, um encontro, uma troca e um crescimento, vira um discurso de palavras vazias.

Vivemos num mundo solitário, onde todos entendem tudo, mas ninguém se entende mutuamente. A palavra pode ser um milagre, se tiver alma. Pra ser assim, precisa ir além do entendimento léxico. Uma chama solitária se auto consome e se extingue, sem ninguém para reacendê-la, sem ninguém a quem iluminar. Nossa chama se alimenta do outro.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page