top of page
  • Foto do escritorirenegenecco

Pés descalços

Atualizado: 2 de dez. de 2023


Felipe Giacometti

Meu caminhar lento, pesado e fundo

Como chinelos de chumbo

Vão macerando o chão

Desgastando as solas

Abrindo um vão

Buracos que adentram estrelas.

Descalço, leve e livre

Voo noite adentro.

Há estrelas debaixo dos pés,

De um lado e doutro lado

Que eu nunca vira antes.

É que viro alma,

neste descobrir de estrelas.

Ponto luminoso contido numa bolha

Sem borda, casca, tampa ou rolha,

Face sem corda, sem amarra

Nunca se desgarra de seu brilho

Di’amante multifacetado,

Nunca se esfacela

Amado e desejado sempre

Chamado Amor único senhor

Da liberdade.



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page