top of page
  • Foto do escritorirenegenecco

Incognoscível

Atualizado: 2 de dez. de 2023


Joe Jansen na Unsplash - noite estrelada

Meu caminhar lento, pesado e fundo

Com chinelos de chumbo

Vão macerando o chão

Desgastando as solas

E abrindo um vão

Buracos que adentram estrelas.


Descalço, leve e livre

Voo noite adentro.


Há estrelas também abaixo dos pés,

De um lado e doutro lado

Que eu nunca vira antes.

É que viro estrela, neste descobrir

Da alma, que na palma da minha mão

cria asas e consciência.

Ponto luminoso contido numa bolha

Sem borda, casca, tampa ou rolha.

Corda translúcida sem face, sem amarra

Nunca se desgarra de seu brilho lúcido.


Di’amante multifacetado,

Nunca se esfacela,

Amado e desejado sempre,

Nunca acorrentado numa cela.


É ao assim chamado Amor,

Que digo sim.



Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page