top of page
  • Foto do escritorirenegenecco

A Filosofia não é enclausuramento acadêmico

Atualizado: 22 de nov. de 2023



Maria Thalassinou na Unsplash

Literatura, Arte e Filosofia - Pós/PUC 2023 Professor Keberson - aula 3, parte 1 - Ênfase na Filosofia aplicada ao cotidiano das pessoas. Transcrição resumida de passagens da aula do professor, de onde derivam meus comentários.

"Neste sentido vamos trabalhar hoje. A filosofia não é só um enclausuramento acadêmico. Significa que de fato, que quando a filosofia nasceu com Tales, foi para resolver algumas questões práticas. A filosofia busca propor como podemos viver melhor em uma sociedade com os outros e se sentir melhor. Alguns temas da Filosofia nos trazem algo além de puramente reflexiva. Somos mais aristotélicos do que Hobbesianos, o que isto significa? Precisamos nos associar, somos sociais por natureza, nos associar aos outros para viver e viver bem, na ideia aristotélica. Thomas Hobbes - O leviatã - diz que não somos seres políticos e sociáveis. Somos seres egoístas. A sociedade na verdade é só um conglomerado de átomos que estão mais ou menos colaborando para os interesses próprios. Mas pensar só neste âmbito talvez seja muito pouco para o quanto representam os outros em nossa vida. A perspectiva utilitarista vê todos como iguais. Porém, na prática, nós escolhemos nossas sintonias em outros grupos. Família, amigos etc. Temos grupos pelos quais nutrimos menor ou maior empatia. Altruísmo e egoísmo são meio pendulares, nestas escolhas. Muito altruísmo até chamamos de Santidade. A partir disto, a leitura será feita com pano de fundo desta hipótese pendular.

(comentários, propor o que acham sobre isto que precisamos uns dos outros)

Definição de filosofia - disciplina ampla e abrangente - conhecimento moral e ético, busca crítica analítica - é uma definição não definitiva, tem uma especificidade de definição, depende da forma que que queremos definir. Esta versão das 3 características nem todo o mundo entende assim, há discordâncias, isto faz parte da filosofia."


Respondendo à sugestão de fazer algum comentário sobre a aula 1 do professor Keberson – A História das Ideias :

1 - Somos de fato todos iguais, como seres humanos?

2 – O que você entende da hipótese da oscilação pendular no transcurso da história das ideias?

3 – Precisamos uns dos outros, ou damos conta sozinhos de nossos propósitos?

Com relação a sermos, todos iguais – Penso que somos iguais apenas em certos padrões biológicos. Mas isto seria reduzir o ser humano a um corpo físico. Porém a própria ciência reconhece a complexidade do humano, com relação ao concreto – corpo físico – e ao abstrato, como sentimentos, emoções, capacidade racional e intelectual, em seus relacionamentos entre si, e com o ambiente.

Com relação à hipótese pendular - Achei perfeita a comparação com pêndulo, pois somos seres de senso dual. Onde há dualidade haverá oscilação, para equilíbrio desta balança razão-emoção, bem e mal. Entendo que entre bem e mal há uma busca do melhor, para si e para o mundo, mesmo imerso em contradições entre razão e coração. Egoísmo e altruísmo são posições transitórias do humano, que fazem parte de sua natureza física e espiritual. Espírito como substância do humano e não necessariamente vinculado à religião. Egoísmo e altruísmo parecem estar numa constante competição entre si mesmos. Penso que resultam de diferentes níveis de compreensão e absorção de nossas percepções. A troca de ideias e o diálogo possibilitam galgar níveis mais sofisticados de compreensão e crescimento humano.

Com relação à questão de precisarmos uns dos outros - Precisamos do outro até para nascer. Não fora a participação de duas pessoas em gerar, trazer ao mundo, criar, ensinar e prover, nem nasceríamos, e caso nascêssemos, não sobreviveríamos sem cuidados básicos de sobrevivência. Isto para falar apenas na questão física. Somos gregários por natureza, e é no grupo e pelo grupo que nos tornamos humanos. Ou seja, a individualidade, como um filtro próprio de discernimento entre escolhas, vai sendo nutrida na coletividade. Somos dentro e fora, ao mesmo tempo. Precisamos receber amor, atenção e cuidados humanos, educação, princípios, e valores é o que mantém qualquer convivência social possível.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page