top of page
  • Foto do escritorirenegenecco

A domicílio

Atualizado: 2 de dez. de 2023


Foto de Steve Rybka na Unsplash

O universo ali

Um pouco acima da mão,

Aqui vassoura varrendo o chão,

As folhas mortas no quintal.

Que mal há em sonhar

Malgrado os calos?

Os abalos do coração

São acenos para a vida

Naquela janela azul

Um pouco acima do que os olhos vêem.

O infinito é também a sem-graceza

O enfado

O cansaço

O pé descalço gretado.

Juntar os cacos,

Amontoar o pó

Enquanto a vida passa

Pelos fundos, no quintal.

O céu ali,

Metade imensa,

Tamanho desperdício

Para cobrir apenas alguns sonhos.



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page